post

Mergulhando em memórias através dos cantos, imagens, dos cheiros, dentre outras maneiras que possibilitam narrativas do legado histórico e cultural, luta e resistência. A atividade tem como proposta salvaguardar o patrimônio das comunidades quilombolas de Caucaia. Com a rezadeira Maria dos Prazeres da Comunidade e Patrícia Matos da Coordenadoria da Igualdade Racial de Fortaleza.

Local: Comunidade Quilombola do Cercadão, em Caucaia,
Data: 02/08
Horário: 14h às 17h